sexta-feira, maio 26, 2006

Aluguéis Residenciais


A pedido do Ronaldo, que está sempre por aqui visitando meu Blog, resolvi falar um pouquinho sobre os aluguéis residenciais por aqui.

Na verdade não tenho muita informação, mas vou tentar passar o que sei.

Moramos em Mississauga, uma cidade vizinha a Toronto, aliás, é praticamente dentro de Toronto, pois atravessamos a rua em Toronto e estamos em Mississauga, então a meu conhecimento sobre aluguéis se resume mais a este lugar, embora Toronto seja similar, talvez um pouquinho mais caro.

Em Mississauga, um apartamento de 1 dormitório (sem lavanderia no apto.) custa em média CDN 900.00 por mês. Os de 1 dorm. com lavanderia custam em média CDN 1.100.00.

Os de 2 dormitórios com lavanderia no apto. estão em torno de CDN 1.250,00 a 1350,00.

Com 3 dormitórios custa aproximadamente CDN 1.450,00 a CDN 1500,00 por mês.

Existem algumas diferenças no sistema de aluguéis. Os condomínios, que são prédios de apartamentos ondem moram os proprietários e que eventualmente alugam seus aptos, nesse caso o aluguél normalmente é mais caro, mas a vantagem é que os apartamentos são muito melhores, mais bem cuidados e tem lavanderia dentro do apartamento, o que faz uma grande diferença. Ah, inclusive aqui todos os imóveis já vem com armários de cozinha, fogão, geladeira e muitos tem também máquina de lavar louça, e quando tem a lavanderia no apto. você terá a máquina de lavar roupa e a secadora.

Tem também o que eles chamam de "rental apartment", que são os apartamentos que pertencem a incorporadoras/administradoras, eles são os donos dos prédios e os mesmos são somente para locação, então os apartamentos normalmente não são tão bons e não tem lavanderia dentro, por isso são mais baratos, mas se procurarmos com calma, dá pra encontrar bons lugares, com prédios limpos e organizados e apartamentos bem conservados.

Normalmente quando alugamos nosso primeiro apto. ou casa aqui no Canadá, o aluguél na grande maioria das vezes, será feito por um ano de contrato, temos que pagar dois meses adiantado, ou seja, o primeiro aluguél e o último. Por exemplo, se você alugar um apto. em julho/2006 seu contrato vencerá em julho/2007, então você pagará o aluguél de julho/2006 e julho/2007 em uma só vez. Se seu aluguél for CDN 1.000,00 você pagará CDN 2.000,00. Existem alguns casos que temos que pagar três aluguéis, no primeiro mês, mas tudo dependerá da pessoa que estará alugando pra vc.

No preço do aluguél dos apartamentos, já estão incluídos o condomínio, água, luz e aquecimento (obrigatório por lei em todas as residências aqui) , e alguns incluem também a TV a cabo.

As casas são um pouco mais caras, principalmente por não incluírem as despesas que citei acima, por isso, se vc. alugar uma casa por CDN 1.300,00 (valor médio de um aluguél) ela deverá custar por mês uns CDN 1.700,00 pois vc. terá que pagar também água, luz, aquecimento. As vezes em condomínios de casas você paga condomínio como em um apto., mas ainda assim será mais caro, pois terá que pagar os CDN 1.300,00 + uns CDN 350,00 ou mais de condomínio.

Minha sugestão é que se estiver chegando aqui sem emprego e com um orçamento apertado, cuidado ao alugar uma casa, pois em um ano você vai ver seu dinheiro indo embora pelo ralo, mas é lógico que tudo depende da situação de cada um.

Gostaria de salientar que tudo que falei aqui está baseado em minha experiência pelo que conheço dos imóveis por aqui, por isso eu não gosstaria que vocês levassem os valores ao pé da letra pois sempre poderá haver uma variação para mais ou para menos, mas acho que já dá para vocês terem uma boa idéia.

sexta-feira, abril 28, 2006

Homenagem



Recebi este texto da minha querida cunhadinha Renata. Em homenagem a ela, uma pessoa muito especial que eu gosto e admiro muito, estou postando-o aqui e também para vocês que estão em busca de realizar muitas coisas ainda.

Mudar para o Canadá ou para qualquer outro lugar.. mudar... mudanças... nem que seja tirar o sofá de um lugar e pôr em outro, só pra se sentir mais feliz por achar que a sala ficou mais bonita, mudar a cor do cabelo, a cor da tinta da casa, mudar de escola, enfim, qualquer mudança que nos deixe feliz, por mais simples que seja.

Texto de autor desconhecido:

"Só entendemos direito o milagre da vida quando deixamos que isso aconteça.

Todos os dias Deus nos dá, junto com o sol, um momento em que é possível mudar tudo o que nos deixa infelizes. Todos os dias procuramos fingir não perceber esse momento, que ele não existe e que hoje é igual a ontem e será igual amanhã. Mas, quem presta a atenção no seu dia descobre esse instante mágico.

Ele pode estar escondido na hora que enfiamos a chave na porta pela manhã, no instante do silêncio logo após o jantar, nas mil e uma coisas que parecem iguais. Esse momento existe. Um momento em que a força de todas as estrelas passa por nós e nos permite fazer milagres.

A felicidade é às vezes uma benção mas geralmente é uma conquista. O instante mágico do dia nos ajuda a mudar, nos faz ir em busca dos nossos sonhos. Vamos sofrer, vamos ter momentos difíceis, vamos enfrentar muitas desilusões, mas tudo é passageiro, e não deixa marcas. E no futuro, podemos olhar para trás com orgulho e fé.

Pobre de quem teve medo de correr riscos. Porque este talvez não se decepcione nem tenha desilusões, nem sofra como aqueles que têm um sonho a buscar.
Mas quando olhar para trás (porque sempre olhamos para trás) vai escutar o seu coração dizendo: O que você fez com os milagres que Deus semeou pelos seus dias? O que fez com os talentos que o mestre lhe confiou? Enterrou tudo numa cova porque teve medo de perdê-los?

Então, essa é a sua herança: a certeza de que desperdiçou a vida... Porque os momentos mágicos já terão passado!"

Um ótimo dia para todos vocês!

sexta-feira, abril 21, 2006

O Link do Meu Blog no Estadão

Vocês viram só, o link do meu Blog saiu no Estadão. Foi uma tremenda surpresa pra mim, não esperava por isso, meu Blog anda tão pobrinho, nem sei como me descobriram, mas fiquei contente, nada como ficar famosa ehehehe. Clique aqui neste link para dar uma olhada. Saiu também outros blogs que conhecemos, como o da Ana Célia, do Cleber e o do Marcelo, enfim, achei bem legal.
Como ainda estou sem trabalhar e ainda sem saber direito o que fazer da vida, só me resta aproveitar o tempo livre e fazer algumas coisas que preciso, como ir ao médico, dar entrada no seguro desemprego, ir na casa das amigas etc., sabe, coisas de gente, digamos, desocupada....
Sem querer comparar, mas já comparando, Canadá e Brasil, eu estava indo até Toronto na semana passada com minha amiga Viviane, e em frente a casa dela o semáforo estava quebrado, alías, o que é raro aqui. O mais engraçado é que mal o semáforo quebrou já chegou o pessoal do CET daqui (que não sei como chama ehehe) para conserta-lo, e o mais interessante é que a polícia chegou junto.
Engraçado, vocês já ouviram falar que aqui a pólícia brota do chão? É isso mesmo, o que não falta aqui é polícia, e lá estavam eles. O que eu mais gostei foi que eles pararam os carros pra eu poder atravessar, eu me senti super importante, realmente uma cidadã respeitada, agradecí e eles ainda me disseram Have a Good Day!! Acreditem se quiser.
Por isso, amigos que vivem aqui no Canadá, tomem sempre muito cuidado, não ultrapassem a velocidade permitida e não façam coisinhas erradas, tá bom, senão Corre que a Polícia Vem Aí!!!
Pra quem não conhece o sistema de ônibus aqui, também dá pra fazer uma comparação com o sistema de São Paulo, nem vou falar sobre o de São Paulo que vcs. já sabem como é. O de Mississauga por exemplo, funciona muito bem. Hoje, por exemplo, eu tinha que ir fazer um exame médico ("pago pelo governo") as 10:00 horas da manhã. Saí de casa às 09:10, peguei um ônibus na porta de casa as 09:15 e eles não atrasam, deixa eu explicar melhor: todos os onibus tem horário pra passar no ponto, se está marcado pra passar 09:15 pode ter certeza que 09:15 estará chegando.
Fui sentada e super tranquila, o ônibus estava vazio, coisa de aposentado, sabe, aquele horário que só os idosos e desempregados (como eu) andam de ônibus... cheguei no Square One às 09:25 e 09:38 peguei o onibus pra ir fazer meu exame, cheguei lá as 10:00 em ponto, no horário marcado, e 11:00 horas eu estava entrando em casa. Enfim, paguei uma só condução ($2,50) e peguei três onibus, dois pra ir e um pra voltar, não cheguei atrasada, não fiquei nervosa, não fiquei com o ouvido doendo de tanto escutar sirene de ambulância ou de polícia, barulho de motoqueiro ou as buzinas dos desesperados e nervosos no trânsito.
Isso é viver aqui, sem stress.

quinta-feira, abril 13, 2006

Um ano de Canadá


Desde Novembro que nao coloco nada aqui no meu Blog, nossa que coisa feia, sou uma Blogueira meio desnaturada mesmo, meus amigos de Blog que o digam.

Mas tenho motivo mais do que justo, eu estava trabalhando, e como toda boa "Imigrante Canadense" não sobrava tempo pra nada, só trabalhar, trabalhar e trabalhar, na empresa e depois em casa. O pior, é que além de eu ter ficado todo esse tempo sem visitar meu próprio Blog, eu esqueci como se usam os comandos html, e hoje quando resolvi dar o ar da graça, quase nao consegui fazer mais nada, perdi a foto principal da minha página e nao consegui colocar mais, aí meu Blog ficou assim pobrinho, sem a minha foto querida do Flocos de Neve. Mas vou tentar descobrir como colocá-la novamente e deixa-lo mais bonitinho.

Acho que deu pra perceber que estou em casa né? Por isso estou escrevendo aqui de novo. Meu contrato com o Citigroup acabou e agora estou novamente pela milésima vez nessa minha vida procurando emprego, haja paciencia. Então pode ser que agora eu escreva um pouquinho mais.

Nao tenho nada de muito especial pra contar a não ser que dia 04 de abril fizemos 1 ano de Canadá, passou rápido, nossa, mal posso acreditar.
Eu ainda estou em fase de adaptção, meio perdida e as vezes um pouco incorfomada com a dificuldade de se conseguir um emprego realmente bom nesse país.

Sem querer desanimar ninguém, afinal cada caso é um caso, continuo meio revoltada com o Governo Canadense, que exige tanto de nós para virmos morar aqui, dizendo que precisam de profissionais qualificados, pedem diploma e anos e anos de experiencia, mas quando chegamos aqui isso tudo quase não serve pra nada.

Sofremos bastante, meses e meses, até conseguir a tal da experiencia canadense que eles tanto querem, sem contar com a fluencia do Ingles, que sem isso, fica muito mais dificil conseguir emprego. Até hoje ainda escuto, "vai ser difícil voce conseguir conseguir arrumar um emprego na sua área, voce nao tem experiencia canadense", acho isso ridículo, mas enfim, é isso que está acontecendo comigo, ainda. Mas não sou de desistir tão fácil assim, deixaram eu vier pra cá, agora terão que me aguentar ehehehe.
Vocês vão ver, que logo, logo, vou escrever aqui novamente com coisas boas pra contar, afinal, não adianta ficar reclamando, o negócio é ser positivo e procurar de alguma forma conseguir o que vim buscar aqui.

segunda-feira, novembro 07, 2005

Novidades

Acabei meu estágio do co-op e infelizmente não fui contratada, mas tudo bem, acontece com muita gente que faz o co-op. Quando soube que não iria ser contratada pois nao havia vaga na empresa fiquei meio triste, pois trabalhei muito e esperava ter algum tipo de recompensa, mas não aconteceu. Pelo menos consegui a tão falada experiência canadense e espero que as empresas possam me ver com outros olhos. Agora estou procurando emprego de novo, fazer o que né?

O Hesley foi contratado pela empresa onde ele estava fazendo o estágio, é uma empresa multinacional bem grande aqui no Canada, foi ótimo pra ele, ele está numa felicidade tremenda e eu também, lógico.

O frio está chegando, fico aqui da minha janela só olhando a mudança da estação, aliás isso é realmente um fato bem interessante por aqui, a gente pode acompanhar realmente a mudança de estações. No Brasil a gente não consegue ver isso, pois o clima é meio confuso, e praticamnete só temos verao e inverno. Aqui não, quando começa a primavera é lindo de ver, as árvores vão ficando cheias de folhas verdinhas e cheias de flores, a cidade vai aos poucos de transformando. Depois chega o verão, um sol maravilhoso.

Agora estamos no meio outono, as copas das árvores ficam coloridas, vermelha, laranja, amarela, é lindo demais, mas estamos vendo aos poucos as nossas queridas árvores perderem as folhas, voltarando os galhos secos. Isso significa que o frio vem chegando, nossa não quero nem pensar. Deveremos ver a temperatura baixar pra -3, -4 e assim por diante, pela previsão isso será a partir da penúltima semana de novembro. Depois conto pra vocês como está sendo a chegada do inverno canadense.



As fotos de cima da esquerda para a direita sao do fim do inverno abril de 2005, primavera/verão julho de 2005, e abaixo o outono, outubro/novembro de 2005. Na última foto algumas árvores já estao perdendo as folhas.

quinta-feira, setembro 15, 2005

Vida Noturna

Preciso confessar uma coisa. Quase todo dia quando eu chego em casa no fim da tarde eu penso: “Preciso parar com esse negócio de Blog, eu não tenho tempo pra escrever, e acaba ficando muito vazio e com pouca informação”, mas depois, fico com pena, lembro dos meus amiguinhos blogueiros que sempre vem aqui me visitar, aí acabo desistindo. Escrevo bem raramente, mas de vez em quando estou por aqui.

Bom, o que eu queria mesmo é contar um pouco do meu final de semana passado, dia 09 de setembro, pra ser mais exata. Fomos, eu e o Hesley, até Toronto, a noite, pra conhecer a vida noturna de lá, afinal já faz cinco meses que estamos morando aqui e ainda não sabíamos como era.

Fiz uma longa pesquisa na Internet, pois eu queria ir num lugar bem típico, que tivesse música ao vivo, eu adoro Blues e Música Country, inclusive eu já ouvi dizer que aqui tem alguns lugares bem legais, mas infelizmente, não consegui achar nenhum.

Saímos de casa umas 08:00 hs. da noite e quando chegamos lá, que decepção, não achamos nenhum lugar legal, também, fomos sem saber direito pra onde estávamos indo!! Então, se alguém tiver alguma dica de um lugar legal em Toronto, aceito.

Rodamos um montão e desistimos, revolvemos voltar pra Mississauga e acabamos indo pra Port Credit. Nossa!! Que legal!! Descobrimos que Port Credit a noite é sensacional. Eu adoro aquele lugar, aliás é um dos lugares que mais gosto por aqui e é pertinho da minha casa. Foi diversão garantida.

Imaginem que o pessoal toca na calçada, em frente aos bares, pois geralmente os bares são pequenos e o grupo musical nao cabe lá dentro, aí eles saem pra tocar na rua, é demais.

Eu particulamente adorei, o Hesley também. Os cantores e os instrumentistas são muito bons, tocam Blues, Jazz e Country Music. Pra quem gosta disso, é um prato cheio, fica aí a dica. Nós nos divertimos muito. Dá pra comprar uma pizza, por exemplo, e ficar sentado na calçada só ouvindo aquelas músicas gostosinhas.

No mais, sem muitas novidades, a não ser que estou trabalhando feito uma louca no meu estágio do co-op. Socorro!!! Ainda acabo tendo um ataque de nervos!! Vocês não imaginam que loucura que é aquela agência de empregos, mas está valendo a pena, e estou colocando meu Ingles pra funcionar, ehehehe. Só que tenho uma pena do pessoal que trabalha comigo, pois os coitadinhos tem que fazer uma força danada pra me entender, e eu, pra entender aquele povo falando, e eles falam tão depressa, que parece que eles ficam apostando pra ver quem fala mais rápido, mas enfim, estamos sobrevivendo.

quarta-feira, agosto 24, 2005

Muitas Emoções

Desde a semana passada, tenho vivido muitas emoções aqui.

Primeiro porque tive um dia de aniversário muito especial, fiz aninhos dia 19 de agosto e ganhei de presente muitos cartões, e-mails, telefonemas, conversas com minha mãe, irmã, vovó, sobrinha e cunhado pelo msn com direito a parabéns e bolinho com vela, enfim, recebi tantos parabéns maravilhosos que chorei o dia todo. Chorei de alegria, emoção e saudades de todos. Foi a primeira vez na minha vida que passei meu aniversário longe da minha família, não foi fácil, mas sobrevivi.

Quero dizer pra todo mundo que comemorou meu niver que adorei tudo e que a melhor coisa que tenho na minha vida é meu marido, minha família e meus amigos. Outra coisa, a Viviane, uma amiga super especial que ganhei de presente do Papai do Céu aqui no Canadá, fez um bolo super gostoso pra mim na casa dela, não é demais???

Outra emoção: no mesmo dia 19 foi nosso último dia de co-op. Acabamos finalmente!!
Esse curso foi realmente muito bom pra nós, já falei bastante dele aqui por isso não vou repetir, assim vocês não ficam cansados, mas valeu a pena.

Ontem (24/08) tivemos nossa festa de despedida num parque em Port Credit, um lugar lindo, perto da escola. Amanhã começamos, eu e o Hesley, nosso estágio pelo co-op nas empresas, e terminamos em 10 de novembro. Muita coisa acontecendo.

Enfim, uma semana cheia de novidades e coisas boas, aliás, só coisas boas.

Vejam as fotos dos últimos acontecimentos: